Laticínios Holandês

Por que os laticínios são tão importantes para a dieta infantil

Vamos conversar um pouco sobre a alimentação das nossas crianças? Os hábitos alimentares são muito importantes durante a infância, pois eles causam um grande impacto na saúde de seus filhos durante toda a vida deles.

Mas você sabe quais são os alimentos mais recomendados para os seus filhos nas diversas fases de desenvolvimento deles? Um levantamento da Universidade de Michigan indica que apenas um terço dos pais se mostra confiante de estar moldando os hábitos alimentares de seus filhos corretamente.

Um relatório científico do Comitê Consultivo de Diretrizes Alimentares de 2020, dos EUA, reafirmou a importância do consumo de laticínios por crianças de 2 anos de idade ou mais.

Neste artigo, vamos explicar por que os laticínios são tão importantes para a dieta infantil e dar dicas para você utilizar esses alimentos corretamente na alimentação de seus filhos.

Conheça as diferentes fases da alimentação das crianças  

Muitas vezes, alimentar os bebês pode parecer bastante complicado. Os pais se perguntam com frequência se estão fornecendo o tipo de alimentação correta, na hora certa e na quantidade correta. Por isso, a seguir mostraremos algumas recomendações de especialistas sobre a alimentação das crianças.

A infância é um período importante para estabelecer preferências de gosto e padrões de dieta saudáveis. Esses hábitos são importantes para o crescimento e desenvolvimento das crianças e ajudam a prevenir doenças relacionadas à dieta ao longo da vida.

Segundo os especialistas, os primeiros 1.000 dias de vida das crianças são fundamentais para estabelecer padrões de alimentação saudáveis que vão se prolongar durante a vida inteira.

* O leite materno – ou a fórmula fortificada com ferro – deve ser a fonte principal de nutrição durante pelo menos o primeiro ano de vida do bebê.

* Aos seis meses de idade, é recomendada a introdução de alimentos complementares para assegurar uma nutrição adequada e introduzir sabores e tipos diferentes de alimentos. Portanto, é hora de adicionar os laticínios, como o queijo e o iogurte, à dieta da criança.

* Por volta dos 7 aos 8 meses, a Academia Americana de Pediatria recomenda a introdução de uma grande variedade de alimentos, provenientes de todos os grupos alimentares. Nessa fase, você pode usar o leite em seu mingau, cereal ou molho de queijo, mas não como bebida até o seu bebê completar um ano de idade.

* Entre os 08 e 12 meses, os sistemas digestivos dos bebês estão maduros o suficiente para tolerar a proteína do leite de vaca em quantidades maiores. Portanto, você pode introduzir o leite de vaca na sua alimentação sem problemas. Nessa fase, tente introduzir o leite integral em uma xícara.

O seu filho pode continuar a querer se alimentar com leite materno ou com a fórmula após o primeiro ano de idade. Mas nessa idade é bastante comum fazer a transição para o leite de vaca. O recomendado é que as crianças consumam de 4 a 5 porções de laticínios nessa fase. Isso é o equivalente a meia xícara de leite, meia xícara de iogurte ou meia onça de queijo. Você pode oferecer esses alimentos individualmente, ou tentar incorporá-los a uma variedade de receitas.

Caso o seu bebê não goste do leite de vaca a princípio, a dica é combinar o leite materno ou a fórmula com o leite de vaca e aumentar a proporção a cada vez. Além disso, procure aumentar a quantidade de refeições à base de laticínios oferecidas a ele.

Observe sempre as reações da criança. Embora seja uma porcentagem bastante pequena, alguns bebês podem ser alérgicos ao leite de vaca. Mas, se for o caso, você já notará essa reação quando oferecer pela primeira vez alimentos sólidos e fórmulas que contenham laticínios.

Para saber mais sobre a importância dos laticínios para a alimentação, veja aqui os benefícios da proteína do leite para a nossa saúde.

Deixe uma resposta

Top
h
h

Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptat accusantium doloremque laudantium. Sed ut

Follow Us Now