Laticínios Holandês

Tabela nutricional dos alimentos

Você vai ao mercado comprar inúmeros alimentos que serão consumidos pela sua família. Você entende as embalagens desses alimentos?

Para proteger os consumidores e deixar mais claro sobre os produtos que estão adquirindo, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), responsável por regulamentar a comercialização e industrialização dos alimentos no país, criou normas para as embalagens.

Uma das obrigatoriedades é a impressão da Tabela Nutricional dos alimentos, que deve ser posicionada junto da lista de ingredientes e deve ser legível. Na tabela devem constar informações sobre as quantidades de energia, carboidratos, proteínas, gorduras, fibras alimentares e sódio por porção de produto, também podem ser informadas as vitaminas e sais minerais presentes no produto.

O cálculo da tabela nutricional é montado por um nutricionista responsável, que deve garantir a proporção dos ingredientes por porção.

Exemplo a tabela nutricional do Queijo Mussarela Fatiado 150g Holandês:

**colocar a imagem da tabela nutricional aqui**

Ingredientes: lista com todos os ingredientes em ordem decrescente de acordo com a quantidade.

Alérgicos: informações sobre a presença de ingredientes alergênicos.

Porção: medida em gramas ou unidades indicada para saber a quantidade de cada substância ingerida.

% VD: é indicado a porcentagem que aquela porção representa, usando como base uma dieta de 2.000 kcal ou 8.000 kJ.

Valor Energético: indica a energia produzida pelo consumo dos carboidratos, proteínas e gorduras totais daquele alimento. 

Carboidratos: fonte de energia para o corpo, mas pode favorecer o ganho de peso. O recomendado é consumir 300 gramas por dia.

Proteínas: fazem a manutenção do tecido muscular. Indicado o consumo de 75gr ao dia.

Gorduras totais: outra fonte de energia para o corpo, e que também auxilia na absorção das vitaminas A, D, E e K. A soma de todas as gorduras de origem animal ou vegetal são indicadas nesse item, e é recomendado o consumo diário de 55 gramas.

Gorduras saturadas: gorduras de origem animal, precisa ser consumida com moderação, pois pode aumentar o colesterol. É recomendado o consumo de 22 gramas ao dia.

Gorduras trans: são as “gorduras ruins”, não é indicado o consumo dessa gordura em nenhuma quantidade, ela aumenta o colesterol, a gordura abdominal e o risco de doenças do coração. 

Fibra alimentar: reguladores do funcionamento do intestino, maior saciedade e  aproveitamento dos carboidratos. Recomendado o consumo de 25 gramas ao dia.

Sódio: responsável por elevar a pressão arterial, por isso o consumo deve ser controlado, um máximo de 6 gramas por dia, é o recomendado.

Gostou dessas informações? Aprenda mais sobre os alimentos que vão à sua mesa, acompanhe nossas redes sociais. Se quiser continuar a leitura, indicamos esse outro artigo.

Deixe um comentário

Top
h
h

Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptat accusantium doloremque laudantium. Sed ut

Follow Us Now